Fenóis totais, efeitos alelopáticos e avaliação da atividade antioxidante do extrato etanólico de Agave sisalana

L. E. Ogava, J. A. O. Silva, C. C. Silva, A. M. Mapeli, K. V. Leão, R. C. D. Dea, L. L. Machado

Abstract


Agave sisalana, conhecida como sisal possui importância econômica, pois suas fibras são utilizadas na fabricação de cordas e artesanato além de ser a única fonte de renda de muitas famílias e uma das poucas espécies que resiste às condições do semiárido nordestino. Como apenas 5% da planta são aproveitadas, objetivou-se avaliar em seus resíduos, o quantitativo de fenóis totais, a atividade antioxidante e ação alelopática do extrato etanólico de suas folhas (55,6 g) que foi obtido por extração a frio. A atividade antioxidante foi avaliada utilizando-se extrato, DPPH e espectrofotômetro UV-Vis (520 nm) onde obtiveram-se os seguintes percentuais: 0,001mg/mL: 12,20%, 0,01mg/mL: 5,84%, 0,1mg/mL: 21,73% (atividade moderada) e 1mg/mL: 81,10% (ótimo potencial). Os compostos fenólicos foram determinados através da metodologia Sousa et al. (2007) onde o extrato juntamente com Folin-Ciocalteu e espectrofotômetro UV-Vis (750nm) foram utilizados e apresentaram 301,31 mgEAG/g (Equivalente de Ácido Gálico). Nos estudos alelopáticos foram utilizadas as concentrações de 250, 500, 1000 e 2000mg/mL de extrato em Zea mays (milho) e Lactuca sativa (alface) onde a alface apresentou redução na velocidade de germinação e no desenvolvimento da plântula nas concentrações 1000 e 2000 mg/mL, contudo não afetou o potencial de germinação. O milho não apresentou diferenças em relação ao controle.

Keywords


Agave sisalana Fenóis totais Atividade antioxidante Alelopatia

Full Text: PDF (Portuguese)

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Orbital: The Electronic Journal of Chemistry (e-ISSN 1984-6428) is a quarterly scientific journal published by the Institute of Chemistry of the Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Brazil. Orbital is a peer-reviewed, open-access journal.