Docking molecular de derivados de 2-fenilindano-1,3-dionas inibidores da enzima HMG-CoA

R. Q. Pordeus, M. A. Bueno, B. G. Oliveira

Abstract


As doenças cardiovasculares constituem uma das principais causas de mortes em todo o mundo. Estudos mostram que a enzima HMG-CoA é considerada uma precursora da via metabólica hipolipidêmica no soro sanguíneo. Na busca por uma nova classe de compostos aptos a inibir esta enzima e consequentemente reduzir os níveis de colesterol, as 2-fenilindano-1,3-dionas apresentam resultados promissores. Uma das maneiras de avaliar o poder farmacológico destes compostos e predizer análogos ainda mais potentes consiste na avaliação da interação entre fármaco (2-fenilindano-1,3-diona) e enzima (HMG-CoA), em que se utiliza da técnica de modelagem molecular docking. Neste estudo, o procedimento computacional para obtenção dos resultados de docking foi feito através do software AutoDock 1.5.6. Para avaliar a interação no sítio ativo da HMG-CoA, utilizamos, dentre a série de congêneres, o composto 2-(2-clorofenil)indano-1,3-diona. De acordo com os resultados obtidos, foi identificada uma interação hidrofílica importante, do tipo ligação de hidrogênio C=O∙∙∙H–N, a qual apresenta uma distância de 1.62 Å entre os grupos carbonila do anel diona e o aminoácido metionina da HMG-CoA. Outra ligação de hidrogênio p∙∙∙H–N com distância de 3.10 Å formada entre o anel aromático do grupo indano-1,3-diona e o aminoácido glicina também foi identificada.


Keywords


Colesterol; fenil-indano-diona; docking

Full Text: PDF (Portuguese)

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Orbital: The Electronic Journal of Chemistry (e-ISSN 1984-6428) is a quarterly scientific journal published by the Institute of Chemistry of the Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Brazil. Orbital is a peer-reviewed, open-access journal.